Aproveitar Água da Chuva é uma tendência para quem procura por sustentabilidade, mas essa prática deve ser feita da maneira correta. Muitas pessoas carregam ainda a ideia equivocada de que para aproveitar Água da Chuva basta espalhar baldes pelo quintal e utilizar aquela quantia quase que insignificante de água em pequenas atividades diárias.

A forma verdadeiramente efetiva de se aproveitar Água da Chuva é fazendo uso de uma cisterna. Contudo, há algo no mercado de cisternas que faz com que esse dispositivo se aproxime bastante do modo rudimentar citado no parágrafo anterior.

Ao comprar uma cisterna de “prateleira”, o consumidor, muitas vezes, está pulando a primeira etapa para o aproveitamento correto e efetivo de Água da Chuva: o dimensionamento. Antes de mais nada, você precisa saber o potencial de coleta do seu imóvel para que sua cisterna faça seu trabalho da maneira mais efetiva possível.

Uma cisterna bem dimensionada é capaz de armazenar água para os períodos de estiagem, onde as chuvas são escassas. Mas no que isso é importante? Bom, isso depende do quão efetivo é seu sistema de aproveitamento de Água da Chuva.

Um dos usos mais comuns para esses sistemas são as descargas sanitárias. A água da chuva é perfeita para este fim, pois é um dos maiores consumos presentes nos imóveis. Portanto, se a água das descargas são provenientes de uma cisterna, o que acontece se não houver água na cisterna? Os vasos sanitários ficam sem descarga?

A resposta é: Não… caso você tenha um sistema completo e bem dimensionado! Completo porque uma cisterna bem equipada deve conter componentes que acionem a água da rua caso a cisterna atinja seu nível mínimo. Bem dimensionado porque uma cisterna deve armazenar bastante água nos períodos de chuvas constantes para aproveitá-la também nos períodos onde a mesma é escassa. 

Apenas com uma cisterna capaz de te proporcionar esses benefícios que seu imóvel estará aproveitando água da chuva de maneira efetiva e dando retorno sobre seu investimento. Que tal saber o volume ideal para seu sistema? Clique aqui e contate nossos especialistas.