A Importância das Certificações para a Construção Sustentável - EcoCasa | Construção Sustentável: Soluções para Construção Sustentável!

[email protected]

+55 19 3442 8434

A Importância das Certificações para a Construção Sustentável

Comentários (0) Bio Construção, Energias Renováveis, IPTU Verde

Falamos aqui por diversas vezes a importância que as tecnologias ambientais e a construção sustentável têm para o nosso planeta. A energia limpa nos livra das amarras da exploração dos recursos naturais, enquanto soluções como o aproveitamento da água da chuva auxiliam na economia de nossas cada vez mais escassas reservas de água doce.

Contudo, há pontos importantes a serem considerados para aplicar a sustentabilidade de maneira correta na construção civil. Para isso foram criadas normas e certificações, que garantem o melhor desempenho e asseguram a legitimidade dessas tecnologias.

A primeira certificação que trazemos aqui é talvez a mais conhecida delas por conta de seu caráter mundial. A LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) interfere positivamente em como os edifícios são planejados, construídos e operados. Oferecida pelo grupo GBC (Green Building Council), o certificado já opera em mais de 160 países, incluindo o Brasil. É importante ressaltar que a EcoCasa tem uma importante parceria com a GBC, iniciada em 2017.

Outra notável certificação é a AQUA-HQE, que avalia a Qualidade Ambiental do Edifício (QAE). Esse certificado é minucioso, contando com 14 categorias de preocupação ambiental.  Para obter esse selo, o empreendimento é submetido a pelo menos três fases (construção nova e renovações): Pré-projeto, Projeto e Execução; e na fase pré-projeto da Operação e Uso e fases Operação e Uso periódicas (edifício em operação e uso).

Por fim, trazemos a você o Selo Casa Azul, uma iniciativa da Caixa Econômica Federal. Essa certificação socioambiental classifica os projetos habitacionais financiados pela instituição. Segundo a Caixa, a missão principal do selo é “reconhecer projetos que adotam soluções eficientes na construção, uso, ocupação e manutenção dos edifícios”. São 19 critérios obrigatórios que o empreendimento deve obedecer e, quanto mais critérios optativos tiver, maior será a patente do selo (bronze, prata ou ouro). A avaliação, por sua vez conta com 53 critérios que se dividem em 6 categorias: Qualidade Urbana, Projeto e Conforto, Eficiência Energética, Conservação de Recursos Materiais, Gestão da Água e Práticas Sociais.

A  EcoCasa oferece a possibilidade de aprovação desses importante selos através de nossos produtos e tecnologias que facilitam muito a implementação de sistemas sustentáveis na construção civil. Transforme seu imóvel e conheça os benefícios de uma construção sustentável. Basta clicar aqui e consultar-se com um de nossos especialistas.